Nalanda Silva, campeã sul-americana de tênis

O campeonato Sul americano 2016 da categoria 14 anos aconteceu em Assunção (Paraguai) do 2 a 7 de maio 2016. Este evento reuniu no Clube Internacional de Tênis as seleções nacionais femininas e masculinas de cada país.

A seleção brasileira foi formada com a Nalanda Silva (GO), a Maria Menezes (BA), a Ana Flávia Rodrigues (MG) além do capitão Eduardo Gordilho. A atleta do projeto social “Quadra de Talentos” foi escalada na simples e na dupla, sabendo que cada confronto tem 2 simples e uma dupla.

A competição se organiza em 2 grupos de 5 seleções cada. O Brasil teve no seu grupo (B) a Bolívia, o Paraguai, a Venezuela e o Equador. No outro grupo (A), tinha Argentina, Peru, Chile, Uruguai e Colômbia. Após os confrontos de grupo nos quais se encontram todas as seleções, o n°1 do grupo A encontra o n°1 do grupo para definir o campeão sul-americano. Os n° 2 de cada grupo se encontram para definir o 3o lugar da competição e assim vai até os n°5 de cada grupo para definir o nono e decimo lugar.

1 – Os resultados do Brasil e da Nalanda no campeonato sul-americano

13161842_1003599803039416_3391120442803951348_o2

Nalanda Silva no campeonato Sul-Americano 2016 de Tênis

  • 1° dia: Brasil venceu da Bolívia 2 a 1. Maria Menezes perdeu 6-2 6-1, Nalanda venceu 6-1 6-1 e a dupla Nalanda-Ana Flávia venceu 6-2 6-4.
  • 2° dia: Brasil venceu do Paraguai 3 a 0. Maria venceu 6-2 6-0, Nalanda 6-0 6-0 e a dupla Nalanda-Ana Flavia venceu 6-0 6-2
  • 3° dia: Brasil venceu a Venezuela 3 a 0. Maria venceu 64 63, Nalanda 6-2 6-3 e a dupla Nalanda – Ana Flávia venceu 6-2 6-3.
  • 4° dia: descanso da seleção brasileira.
  • 5° dia: Brasil perdeu do Equador 1 a 2, mas o Brasil já estava classificado após as simples pois tinha 1 a 1 e precisava apenas de uma vitoria durante esse jogo. Maria perdeu 62 63, Nalanda venceu 6-3 6-2 e a dupla sem necessidade de vencer perdeu na negra 5-7 7-5 13-11 na negra.
  • 6° dia (dia da final): Brasil venceu da Argentina 2 a 1. Maria perdeu 6-3 6-0, Nalanda venceu 6-4 6-1 e na dupla decisiva, Nalanda e Ana Flávia venceram 6-4  6-3.

O Brasil não tinha conquistado esse título desde 2010 com a seleção da Beatriz Haddad Maia (atual profissional brasileira). Com esse título, a seleção brasileira se classifica para o mundial dessa categoria do 1° a 6 de agosto em Protejov na Républica Tcheca.

Nalanda com esse título continua uma série incrível:

  • Banana Bowl (torneio mundial de 1a categoria) em março: vice-campeã de simples e dupla.
  • Curitiba (Torneio brasileiro de 1a categoria) em abril: campeã de simples e dupla.
  • Campeonato sul-americano em maio (Maior campeonato sul-americano da categoria): campeã com 100% de rendimento nas simples e nas duplas.

2 – O berço de formação da Nalanda Silva

A atleta foi formada desde suas primeiras bolas e treina todos os dias no projeto social “Quadra de Talentos” (Minaçu – GO) implantado pela empresa SAMA Minerações Associadas. Esses títulos são as marcas de um trabalho de equipe sensacional juntando :

  • a equipe técnica com:
    • Laurent PHILIPPE, coordenador técnico, treinador e preparador físico.
    • Mariana LASMAR, preparador físico e técnico.
    • Wellington VIEIRA DA SILVA, técnico.
  • a equipe do projeto social com:
    • Eduardo FERREIRA, criador e gestor do projeto,
    • Todos os atletas e competidores treinando todos os dias ao lado da Nalanda,
  • A equipe dos apoiadores: SAMA Minerações Associadas, catalizadora para que tudo aconteça, SESI, TRACTEBEL, SÃO EXPEDITO, RAPIDO 900, MIC, Ministério do Esporte, Serra Negra Transportes, Pró Esporte, Confederação Brasileira de Tênis e Federação Goiana de Tênis .

Deixe o seu comentário abaixo !