Exercicios de tênis para aprender o saque com 7 – 8 anos.

Ensinar o saque para meninos de  7-8 anos é um desafio para o professor de tênis. No artigo anterior, foram apresentados os conteúdos técnicos do saque (fase da organização) e neste artigo há a apresentação de alguns exercícios para facilitar a aprendizagem do mesmo. O professor de tênis vai precisar utilizar uma abordagem didática diferente ao implantar exercícios de tênis chamados “educativos” . Os  “educativos” no tênis ajudam o professor na hora de fazer  as crianças“sentir” a técnica. Não são situações didáticas para jogar melhor tênis, mas são exercícios para facilitar a aprendizagem dos novos comportamentos motores.Veja algumas propostas fáceis a implantar na aula.

1 – Exercícios de tênis para a posição “zero” do saque.


Para ensinar:

  • Posição dos pés: utilize uma borracha que se torna uma “prancha de surf” na qual as crianças devem subir para sacar.
  • Distância dos pés: utilize um bambolê no qual a criança deve pisar (parte dianteira e traseira do bambolê).
  • Posição da mão no cabo da raquete: utilizar uma fita adesiva posicionada na base inferior do gripe e que a criança deve esconder com a parte inferior da palma da mão (eminência hipotênar).
  • Posição da raquete: Fazer  a criança começar com posição de expectativa e pedir apenas para girar o corpo até ver a raquete do lado direito do corpo.
Aprender o saque

Aprender o saque

2 – Exercícios de tênis para o saque: fase da posição “zero” a “um”.

 

Para ensinar:

  • Ritmo de descida da raquete: pedir para a criança soltar a raquete da mão direita para ela cair sozinha. Será o ritmo do golpe…lento e solto.
  • Subida da raquete de cada lado: Desenhar a letra “U” com seus braços de cada lado do corpo.
  • Linha dos ombros inclinada ligeiramente por trás: realizar o movimento de subida com duas bolas, uma de handebol na mão esquerda e uma de tênis na mão direita. A bola de handebol tem o papel de bola de tênis no saque real e a bola de tênis o papel da raquete. Realizar o movimento de decida e subida dos braços e lançar a bola de handebol um pouco antes da bola de tênis. Naturalmente o corpo vai balançar ligeiramente para levantar mais a bola de handebol para facilitar o acerto com a bola de tênis.
  • Equilíbrio do corpo e circulação lenta dos braços: realizar o movimento do saque até o lançamento (até recuperar a bola) com os pés acima de cones redondos. Com o equilíbrio precário com esse tipo de cone, os movimentos dos braços vão circular de maneira mais lenta e controlada.

 

3 – Exercícios de tênis para o saque: posição “um” ou “troféu”.

Para ensinar:

  • A posição do braço esquerdo no fim do lançamento, pedir para a criança que o ombro esquerdo fica esticado e vem tocar a orelha esquerda.
  • A posição “troféu” (posição dos ombros perpendicular, linha ligeiramente inclinada, posição do antebraço): precisa praticar arremessos com diferentes objetos (bola de handebol, flecha, bambolê, etc.)
  • A posição do punho direito que nãp flexiona ao chegar na posição “troféu”: posicionar a criança com as costas próxima (30 cm) e frente ao alambrado. O aluno deve realizar o movimento da organização até a posição “um” sem que a raquete toca o alambrado. Se o punho flexiona ao deixar a raquete em posição “bandeja” (horizontal), a raquete vai tocar o alambrado e assim ter o feedback negativo de maneira imediata.
  • O equilíbrio do corpo no pé esquerdo, pedir de por o pé esquerdo (de frente) acima do cone redondo, realiza o movimento da posição “zero” a “um”. No fim da posição “um”, a criança deve ficar equilibrada no pé esquerdo acima do cone (o pé direito não toca mais o solo). Essa posição fica assim até recuperar o lançamento com a mão esquerda.

 

Você já experimentou um desse ? Você quer propor mais um “educativo” ? Deixe seu comentário ;).

Deixe o seu comentário abaixo !